É uma prova de aflição. Não te ponhas com ideias…

Junho 3, 2008 at 11:02 pm 7 comentários

Anúncios

Entry filed under: cartoon.

Ahrrá!!! Lá está!…

7 comentários Add your own

  • 1. joao p  |  Junho 4, 2008 às 9:40 am

    F A B U L O S O

    O que eu desejava era que te faltasse a inspiração mas “eles” não deixam…

    Rir para não chorar

    Responder
  • 2. javi  |  Junho 4, 2008 às 4:04 pm

    É preciso ser muito burro para defender que uns sejam avaliados pelo trabalho dos outros…

    Pobre país o meu!

    Responder
  • 3. mc  |  Junho 5, 2008 às 11:51 pm

    por essas e outras é que a nossa educação está na lama… quando sai de lá… só se forem implementadas reformas sérias e não se continue a fazer dos professores os bodes expiatórios para a situação decadente da nossa educação

    Responder
  • 4. Marianne  |  Junho 7, 2008 às 6:07 pm

    Pois é, tudo serve para (des)classificar os professores!

    Responder
  • 5. manuel colona  |  Junho 12, 2008 às 4:00 pm

    se fizer o meu trabalho mal, a culpa é da milu.

    Responder
  • 6. grelhada  |  Junho 15, 2008 às 9:57 am

    Mas é verdade ! Estas provas servem MESMO para melhorar o professorado.
    Senão vejamos: o aluno responde, por exemplo, que “Twist é o pretérito perfeito do verbo Tu Foste”. O professor, aconselhado a não cotar negativamente a criatividade, apreende assim uma nova lição de Gramática, envia-a para o Ministério que logo inscreve esta novíssima norma na TLEBS, manda os professores decorá-la e ensiná-la aos seus alunos e todos ficam contentes.
    É uma pescadinha de rabo na boca : o ME poupa na formação dos professores, poupa uns milhares de Euros ao Estado por impedir mais um cruel chumbo de um aluno ignorante e poupa em especialistas da TLEBS, revendo este em tempo record !
    E , como ninguém saberá já então o que está correcto ou não, os professores melhorarão assim o seu trabalho, ou seja, as “estatísticas” sobre a educação em Portugal.

    Responder
  • 7. grelhada  |  Junho 15, 2008 às 10:06 am

    Isto não passa de uma nova versão da estafadíssima ideia feita da fase pré-histórica do Eduquês “eu não estou aqui para vos ensinar, mas para aprender com vocês” (para os mais novos, era o que era suposto o professor dizer aos alunos, desde o PREC).
    Enfim .Bem podem querer transmitir aos incautos uma propagandista imagem de “rigor e exigência”, mas acabam todos por andar ao mesmo !

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Junho 2008
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

%d bloggers like this: