Modelito remendado

Novembro 21, 2008 at 7:08 pm 9 comentários

25118a

Anúncios

Entry filed under: cartoon.

Ah!…Bom… Os bons

9 comentários Add your own

  • 1. Maria A.  |  Novembro 21, 2008 às 7:16 pm

    Em relação ao modelito, há também que actualizar o penteado…vi ontem de relance a “Grande Entrevista”, mas pareceu-me que a este nível também se verificaram “piquenas” alterações volumétricas.
    😆

    Responder
  • 2. Elsie  |  Novembro 21, 2008 às 7:53 pm

    É um modelo “porreiro pá” mas deixa ver os pêlos das pernas do monstro. E são feias, o monstro não faz a depilação, e se as saias se levantam até se vê que faltam as…

    … cala-te boca!

    Responder
  • 3. Marianne  |  Novembro 21, 2008 às 11:31 pm

    Bom… remendos… ratoeiras…
    O que será que aquelas mentes ainda nos vão oferecer?

    Responder
  • 4. Alice N.  |  Novembro 22, 2008 às 12:06 am

    Santa Sinistra dos Remendos…

    Responder
  • 5. DESILUDIDA  |  Novembro 22, 2008 às 7:49 pm

    Não há arranjo possível. Essa roupa não me serve!Ela que a vista já que gosta tanto.

    Responder
  • 6. angelica  |  Novembro 22, 2008 às 8:46 pm

    😆

    Não quero esse vestidito!!!
    Os alunos ainda pensavam que eu era a oitra e desviavam a rota da descendência galinácia por moi!!!!!!

    Responder
  • 7. aline  |  Novembro 25, 2008 às 7:14 pm

    Se subir a baínha, quase toda, talvez consiga fazer um cachecol.
    Srª ministra,com o frio da época, dava jeito para se agalhasar e não se constipar… ou para não mais disparatar…….

    Responder
  • 8. grelhada  |  Novembro 26, 2008 às 12:04 pm

    Obrigada, Antero! Era um cartoon deste género que esperava que criasse! O pormenor do padrão do tecido está de truz!
    E ainda diz ela que não tem nenhum “pronto- a -vestir”, eh,eh !
    Maria A., também reparei nesse pormenor da volumetria do cabelo. Julgo que terá sido para simular uma caixa craniana de maior capacidade. Só que se esqueceu que, tradicionalmente, é o aumento da altura da testa que as pessoas associam com a superior inteligência. Os carecas pelo menos, costumam safar-se graças a esse preconceito.
    Talvez a cabeleireira se devesse ter aconselhado com a Isabel I de Inglaterra, que começou a rapar o cabelo acima da testa. Ah, mas isso era no séc. XVII, é verdade…

    Responder
  • 9. Fátima Inácio Gomes  |  Dezembro 4, 2008 às 11:03 am

    ahahahahahahhahahahah
    não há melhor comentário! 😀

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Novembro 2008
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

%d bloggers like this: